0

A calvície afeta todo mundo, e infelizmente ela não perdoa as mulheres. A perda normal de cabelo é entre 50-100 fios por dia. A queda natural de cabelo faz parte do ciclo natural. Alguns fios caem enquanto outros nascem de volta. Interromper o ciclo normal de crescimento acarreta em calvície. Como resultado, a quantidade de cabelo que cai é maior do que os fios que nascem.

O cabelo humano possui três estágios de crescimento: a fase anágena também conhecida como fase de crescimento. O cabelo começa a crescer nessa fase e geralmente dura cerca de 2-8 anos. A segunda fase, a fase catágena, também conhecida como fase de transição. Na fase catágena os folículos capilares começam a encolher, e esse processo dura entre um dia a um mês. A fase três é a telógena, também chamada de fase de descanso. No final da fase telógena, o cabelo começa a cair.

A calvície feminina é quando a mulher começa a experimentar queda capilar excessiva (quando os folículos entram na fase telógena). A calvície excessiva pode surgir por diversos fatores: hereditários, efeitos colaterais de certos medicamentos, problemas de saúde, estilos capilares ou doenças imunológicas. A calvície também é referida como ‘alopecia’. Ela pode afetar qualquer pessoa, mas é mais comum em certos grupos. A calvície feminina é comum entre: mulheres acima dos 40 anos, no pós-parto, mulheres afetadas por certos medicamentos ou quimioterapia, e mulheres que usam penteados apertados. A alopecia areata é provavelmente a segunda causa mais prevalente de calvície entre as mulheres.

Alopecia Areata em mulheres

A Alopecia areata é uma condição capilar que faz com que o cabelo caia em partes. Geralmente não é perceptível a princípio, mas pode se tornar mais visível. De acordo com uma pesquisa, as mulheres são mais suscetíveis à alopecia areata do que os homens. O motivo ainda não é claro.

A condição se desenvolve quando o sistema imunológico humano ataca seus folículos capilares resultando em perda de cabelo. Os folículos capilares são estruturas onde crescem os fios de cabelo. Para proteger o corpo, o sistema imunológico defende-o naturalmente dos vírus, bactérias e outras substâncias estranhas.

Na alopecia areata, o sistema imunológico ataca incorretamente os folículos capilares, fazendo com que encolham e parem de produzir cabelo. Diferente da calvície padrão feminina que é a perda gradual de cabelo em uma grande área do couro cabeludo, a alopecia areata afeta apenas pequenas áreas do couro cabeludo. Em alguns casos, ela pode também afetar outras áreas do corpo, tais como as sobrancelhas e cílios. Ela se desenvolve devagar, e pode resultar em perda capilar total ou completa. A alopecia areata pode prevenir que o cabelo cresça novamente. Quando o cabelo cresce, existe a tendência de cair novamente.

Embora seja difícil precisar a causa exata da alopecia areata, ela geralmente ocorre em mulheres com um histórico familiar de condições imunológicas. Por esse motivo, os cientistas suspeitam que a genética possa contribuir com o desenvolvimento dessa condição capilar. De acordo com a pesquisa, também acredita-se que alguns fatores ambientais possam ativar a alopecia areata em mulheres que sejam geneticamente suscetíveis. A quantidade ou extensão da calvície varia entre cada indivíduo.

O principal sintoma da alopecia areata é a calvície. Você começa a perder cabelo em tufos no couro cabeludo e às vezes em outras partes do corpo. Entretanto, a calvície não é suficiente para diagnosticar a alopecia areata. Visite seu dermatologista para receber um diagnóstico se começar a perder mais cabelo do que deveria diariamente (50-100 fios).

Tipos de Alopecia Areata.

Existem diversos tipos de Alopecia Areata. Cada tipo é caracterizado pela extensão ou grau de calvície e outros sintomas. Cada Alopecia possui diferentes métodos de tratamento. Alguns dos tipos mais comuns de alopecia areata incluem:

  1. Alopecia Totalis: Alopecia Areata é a calvície em pequenas áreas ou pontos do couro cabeludo ou do corpo. Mas a alopecia totalis é um tipo de alopecia areata que ocorre quando a alopecia se expande por todo o couro cabeludo.
  2. Alopecia Universalis: Esse tipo de alopecia areata ocorre quando há calvície por todo o rosto, como nas sobrancelhas e cílios, e outras partes do corpo.
  3. Alopecia Areata Difusa: Como a alopecia androgenética ou feminina, a alopecia areata difusa é o afinamento inesperado de cabelo no couro cabeludo.

Tratamento da Alopecia Areata

Ainda não existe uma cura permanente para a alopecia difusa ou uma opção de tratamento que funcione para todos com alopecia areata. Porém, algumas opções de tratamento podem parar as doenças imunológicas ou promover o crescimento capilar. O tipo ou extensão da alopecia areata e a sua idade determinarão as opções de tratamento.

Opções de tratamento para Alopecia Areata são os seguintes:

  • Medicamentos Sob Prescrição: Minoxidil é um medicamento sob prescrição vendido em seu nome genérico de Rogaine. Ela é aplicada ao couro cabeludo, sobrancelha, cílios e outras partes do corpo afetadas pela alopecia areata. Ela ajuda a estimular o crescimento capilar. Embora o minoxidil possa levar um ano até começar a mostrar resultados, é seguro e sem efeitos colaterais. As pesquisas mostram que minoxidil tópico é apenas eficaz em mulheres com alopecia areata branda.
  • Cremes corticóides: Estes medicamentos são aplicados diretamente na pele para reduzir a inflamação e a irritação, estimulando o crescimento capilar nas partes do corpo afetadas pela alopecia areata. Geralmente está disponível na forma de cremes, loções, espumas, géis e pomadas.
  • Imunossupressores orais: Imunossupressores orais são medicamentos ingeridos oralmente para bloquear o ataque do sistema imunológico sobre os folículos capilares. Você deve limitar o uso desse medicamento, pelo risco de efeitos colaterais como pressão alta e dano aos rins.
  • Injeções de esteroides: Essa é uma opção eficaz e comum para alopecia areata mais branda. Injeções de esteroides ajudam o cabelo a crescer novamente. Esse tratamento precisa ser repetido para o crescimento capilar.

Embora a alopecia areata afete milhões de mulheres, você não precisa sofrer sozinha. A Vinci Hair Clinic vem tratando de mulheres que sofrem de diversos tipos de calvície, e estamos preparados para te ajudar também. Ligue para a Vinci ou preencha o formulário para marcar a sua avaliação gratuita hoje.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright Vinci Medical Group 2006 - 2020

Images included in this and any Vinci Hair Clinic website, especially images of Vinci Hair Clinic clients, are the property of Vinci Hair Clinic and not to be reused by any third party without the express permission of Vinci Hair Clinic

X