Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

  • Português
  • Português

As mulheres estão enfrentando uma pandemia de calvície?

A calvície sempre foi uma preocupação das mulheres. Isso é compreensível, dado que cerca de 40% das mulheres acima dos setenta anos sofrem de calvície padrão feminina. Porém, uma revelação recente pela Sociedade International de Cirurgia de Restauração Capilar, ou ISHRS em inglês, afirma que o número de mulheres recebendo tratamentos capilares entre 2010 e 2021 aumentou em 151%, acompanhado de um aumento de 125% nas cirurgias, e isso alertou a população feminina.

Este artigo examinará se as mulheres de hoje precisam se preocupar mais do que suas mães ou avós sobre a calvície. Será que as mulheres modernas estão enfrentando uma pandemia de calvície? Leia mais para descobrir!

Não é apenas um problema dos homens!

A calvície tradicionalmente é vista como um problema masculino, mas a verdade é que a maioria das mulheres terão essa condição em algum momento da vida. Seja isso por conta de problemas médicos associados a tratamentos, à calvície padrão feminina, alopecia ou alterações hormonais causadas pelo parto ou menopausa, o resultado é o mesmo: você percebe uma maior queda de cabelo no travesseiro e durante o banho, ou um afinamento capilar. Talvez seja algo que sua mãe também teve. Mas e se a situação estiver piorando? Existem novas causas para a calvície que não foram previstas pela sua mãe?

Vida moderna

Não há dúvidas de que a vida urbana é ruim para o cabelo. Tem toda a sujeira, limo e poluição que atacam os fios todos os dias. Também há o fato da vida ser mais estressante do que nunca, particularmente para as mulheres. O feminismo pode existir durante décadas, mas as mulheres ainda se sentem pressionadas a equilibrar empregos exigentes com os cuidados familiares, além de encontrar tempo para cuidar da saúde e de seu bem-estar. Muitas delas sentem-se constantemente estressadas. Se você somar a isso a poluição e a pressão, os folículos podem ficar vulneráveis ao estresse oxidativo e a interrupção da sinalização celular. Isso apenas piora o cabelo.

Estatísticas da ISHRS

O estresse da vida está aumentando a calvície feminina? Será isso o que as estatísticas da ISHRS estão demonstrando? A resposta honesta é que é difícil de dizer sem novos estudos. Os números podem refletir um aumento, mas também podem ser a indicação de que as mulheres simplesmente estão procurando tratamentos de restauração capilar em maiores números. Até recentemente, havia um certo tabu sobre a calvície feminina. Assim como vários outros aspectos da saúde feminina, ninguém queria falar sobre isso.

Ao menos, isso está mudando. Hoje em dia, o assunto da calvície feminina está sendo amplamente discutido. Seja pela apresentadora de TV britânica Davina McCall falando sobre a calvície como um dos sintomas da menopausa, ou da cantora americana e atriz Christina Milian falando sobre suas dificuldades pós-parto com a calvície, o assunto está ganhando mais cobertura do que nunca. A mídia também está cobrindo o tópico. Apenas veja a quantidade de artigos na Mumsnet sobre calvície, por exemplo. Essa abertura da calvície feminina pode encorajar ainda mais mulheres a buscarem um tratamento.

Tome o controle de volta!

Com certeza isso é algo bom. Mas também não é a única forma das mulheres tomarem controle da batalha contra a calvície. Comece com medidas de senso comum. Um estilo de vida adequado é a chave para uma saúde de qualidade, e também para a saúde de nosso cabelo. Então coma bem, durma bem e faça exercícios regularmente. Estabeleça uma boa rotina capilar.

Sua saúde mental também é importante. Você pode melhorá-la encontrando tempo e espaço para recarregar suas energias. Como você faz isso depende apenas de você. Leia um livro, caminhe pelo parque ou medite. O que quer que seja. Nem todo mundo quer achar seu zen interior, mas a maioria das pessoas podem recuperar a serenidade da vida ou reduzir o estresse de outras formas.

Estes passos podem não prevenir a calvície, mas com certeza te darão as melhores chances de manter um cabelo saudável. Se o pior acontecer, lembre-se que existem vários tratamentos capilares disponíveis hoje em dia.

Conclusão

Ainda não se sabe se houve um aumento no caso de mulheres com calvície. O que ficou claro é que as mulheres estão procurando cada vez mais os tratamentos de restauração capilar quando precisam. Elas também estão prontas para discutir abertamente sobre o que antes era um tabu. Ambos esses avanços são muito bem-vindos.

Recomendamos que você converse com um especialista se estiver preocupada com seu cabelo. A Vinci Hair Clinic pode te ajudar. Oferecemos uma avaliação gratuita e sem compromisso a todos os novos clientes. Entre em contato hoje e marque sua avaliação!