Não é incomum que as pessoas sofram com calvície causada pela genética, alterações hormonais, dano por calor ou outras causas. Cada uma é tratada com medicamentos especializados. Entretanto, a internet nunca deixa de nos surpreender, porque outro tratamento caseiro se tornou popular recentemente. É o chá de alecrim, e vamos falar sobre ele hoje.

“Será que o chá de alecrim ajuda no crescimento capilar?” Vídeos do antes e depois mostram linhas capilares recuperadas, então vamos levar essa questão a sério e rever o que os especialistas têm a dizer sobre a eficácia do chá de alecrim. É importante esclarecer que o chá de alecrim é um tratamento que não vem em uma embalagem com outros produtos químicos.

Ao invés disso, falaremos sobre um remédio completamente natural que contém folhas de alecrim e que pode ser comprado em qualquer loja, e misturado em água quente por algumas horas – é chá, puro e simples. Esse líquido mágico então é borrifado com a ajuda de um spray e aplicado no couro cabeludo algumas vezes por semana. Parece bom demais para ser verdade? Vamos analisar o que os especialistas pensam sobre isso.

Os dermatologistas e químicos respondem

Mona Gohara, médica, dermatologista certificada em Connecticut, foi perguntada sobre o impacto do chá de alecrim no processo de crescimento capilar, mas ela não tinha uma resposta clara sobre isso. Ela afirmou que embora não exista evidência de que o chá de alecrim ajuda no crescimento capilar, o líquido pode ajudar no processo.

Ela fez paralelos com um produto feito da erva de alecrim, que é o óleo de alecrim. “O óleo de alecrim remove a sujeira, fortalece os folículos, fornece umidade para o couro cabeludo, e diminui a quebra”, disse. De acordo com estudos, o óleo contém os mesmos ingredientes que o chá de alecrim.

Ron Robinson, um químico cosmético, citou o mesmo estudo quando perguntado sobre os efeitos do alecrim no crescimento capilar. A pesquisa monitorou o efeito do alecrim comparado com o Rogaine, um produto de restauração capilar amplamente conhecido contendo cerca de 2% de minoxidil, em mais de 100 participantes. A pesquisa durou seis meses e apresentou resultados surpreendentes.

O grupo usando óleo de alecrim teve o mesmo crescimento capilar do que o grupo usando Rogaine. “Embora esses dados sejam promissores, isso ainda não foi reproduzido”, disse Gohara. Para quem quer entender melhor sobre os efeitos do óleo de alecrim, ela fez uma comparação compreensível.

O óleo representa muletas que ajudam você no processo de recuperação, mas não diretamente. O óleo ajuda a criar um ambiente adequado para o crescimento capilar.

“Ele funciona como um antioxidante, um antimicrobiano, anti-inflamatório, e mais importante ainda, como um intensificador da microcirculação.

Ginger King, outra cientista cosmética, recebeu a mesma pergunta e respondeu mencionando os mesmos benefícios. Ela explicou que as propriedades antimicrobianas do óleo afetam positivamente a condição do couro cabeludo e diminuem a caspa.

Os ingredientes anti-inflamatórios do alecrim também reduzem irritações na área do couro cabeludo. Além disso, King mencionou que existem diversos estudos atestando o impacto positivo deste óleo no crescimento capilar. Porém, o óleo de alecrim requer mais tempo quando comparado ao minoxidil para mostrar resultados.

Até agora, os especialistas indicaram que o óleo de alecrim apresenta efeitos positivos no crescimento capilar, mas e o chá de alecrim? Mencionamos acima que o óleo de alecrim e o chá contém os mesmos elementos, algo que sugere que seu efeito também pode ser similar. Robinson imagina que isso seja possível, mas pesquisas aprofundadas são necessárias.

O chá de alecrim aumenta o crescimento capilar?

King possui suas dúvidas. Ela afirma que os ingredientes solúveis do óleo são mais eficazes do que os solúveis em água. Também existe o problema de que cada pessoa prepara o chá de maneira diferente: cada um compra diferentes tipos de chá de alecrim, usando diferentes quantidades de água para fazê-lo. Isso torna difícil a previsão de sua eficácia.

Portanto, com relação às pesquisas, os especialistas afirmam que os efeitos do óleo de alecrim são positivos para o crescimento capilar, mas que os efeitos do chá de alecrim não mostraram os mesmos efeitos. Quem deseja ter mais crescimento capilar terá resultados melhores ao adquirir produtos de óleo de alecrim, ao invés de aplicar o chá de alecrim.

Robinson e Gohara aconselham todos que desejam usar o óleo de alecrim a se consultarem primeiro com um dermatologista. Qualquer pessoa que sofre de psoríase, eczema ou outra condição de pele pode sofrer irritação com esse óleo.

King não recomenda o uso de óleo de alecrim durante a gravidez por conta da intensificação de microcirculação. Uma pequena porcentagem de pessoas pode ser alérgica ao óleo de alecrim, mas um simples teste de pele pode determinar se você é uma delas.

Conclusão

Resumindo, o chá de alecrim contém os mesmos ingredientes do que o óleo de alecrim, mas não possui a mesma eficácia comprovada quando se trata de estimular o crescimento capilar.

Se você tiver dúvidas sobre qualquer coisa deste artigo ou sobre a restauração capilar, nossos especialistas estão sempre prontos para ajudar. A Vinci Hair Clinicestá oferecendo uma avaliação gratuita a todos os novos clientes. Entre em contato e marque sua avaliação hoje!