Nossos cabelos preciosos estão muito ligados ao nosso senso de identificação, e não conseguimos aceitar ficar sem eles. Mesmo a ideia de ficar sem cabelo pode ser assustadora. É por isso que prestar atenção na condição do seu cabelo é importante. E isso começa com a conscientização sobre ele.

Genética, maus hábitos, má alimentação e um estilo de vida caótico são alguns dos principais fatores que levam à calvície. Mais da metade deles pode ser resolvido ajustando a sua rotina diária. Abaixo, compilamos um guia curto sobre o que você deve e não deve fazer na busca de uma melhor condição capilar. Primeiramente, vamos começar com as cinco coisas que devem ser evitadas.

  1. Não exagere nos produtos

Aumentar a quantidade de produtos capilares usados não resulta em uma melhor condição capilar ou em um penteado melhor. Na verdade, combinar diferentes produtos capilares e colocar vários deles no cabelo pode levar a efeitos nocivos. O álcool e o polietileno, por exemplo, são dois ingredientes desses produtos que podem deixar o cabelo duro e quebradiço se usados em conjunto.

  1. Não gaste dinheiro em ‘curas milagrosas’

Quando se trata de alguns produtos, sempre existe a promessa de resultados instantâneos e de ‘curas milagrosas’. Resista a tentação de comprar esses produtos. O crescimento capilar é um processo lento e desafiador, então um produto barato que afirma restaurar os folículos capilares rapidamente é uma farsa. Além disso, esses mesmos produtos podem causar efeitos colaterais, então não faça nada sem pesquisar e consultar um profissional.

  1. Não faça penteados apertados

Os penteados que apertam seu cabelo podem ser o motivo da queda capilar. Evite esses penteados que forçam o cabelo. Os piores deles são dreadlocks, rabos de cavalo, coques e tranças. Os dermatologistas sugerem evitar os penteados durante o sono e usar apenas em ocasiões específicas.

  1. Não exponha seu cabelo a altas temperaturas

Altas temperaturas podem danificar o cabelo. Ficar diretamente sob o sol ou usar ferramentas quentes para pentear o cabelo pode afetar diretamente seus fios. Embora as altas temperaturas não levem à calvície diretamente, a exposição constante ao calor reduz o volume capilar e deixa o cabelo suscetível à quebra.

  1. Não aumente a dosagem

Geralmente, pensamos que se aumentarmos a dose de alguma coisa, os resultados chegam mais rápido. Porém, esse não é o caso dos produtos capilares. Nosso corpo apenas pode processar uma certa quantidade de produtos químicos de forma saudável. Buscar resultados mais rápidos usando produtos excessivamente ou diversificando o número de tratamentos não vai funcionar. Não seja impaciente! É provável que você verá os resultados positivos depois de um período de apenas dois a quatro meses.

O que fazer?

Agora que você sabe o que não fazer, vamos analisar o que deve ser feito para melhorar a condição de seu cabelo. Esses conselhos servem para quem está perdendo cabelo ou perceberam os primeiros sinais da calvície e desejam prevenir que ela se desenvolva.

  1. Procure ajuda profissional

As causas da calvície diferem de uma pessoa para outra, e nenhum tratamento deve ser iniciado sem entender o principal motivo da sua calvície. Portanto, receber conselhos profissionais pode te poupar de um tratamento inadequado. Os especialistas capilares da Vinci ajudam pacientes no mundo todo, e podem tratar da sua calvície adequadamente. Seja a sua calvície causada por penteados apertados ou problemas nutricionais, podemos diagnosticar a sua causa.

  1. Mantenha-se positivo

Focar na sua calvície e se preocupar constantemente não vai resolver nada. Saiba que todos sofremos com a calvície em algum momento de nossas vidas. Se estressar com isso pode causar ansiedade, que danifica os folículos capilares e causa calvície. O eflúvio telógeno, que é  uma das principais condições da calvície, é piorado pelo estresse psicológico. Crie uma rotina saudável que inclua muitos exercícios, meditação ou ioga para reduzir o estresse.

  1. Escolha penteados saudáveis

Escolher um penteado que diminua a pressão nos fios de cabelo pode reduzir a queda capilar. Por exemplo, escolher um penteado mais curto pode reduzir a pressão. Além disso, é algo mais fácil de manter. Outros penteados também ajudam na redução da calvície, além de cobrir as áreas de afinamento capilar.

  1. Regule sua alimentação

O ciclo de crescimento do seu cabelo requer nutrição regular para continuar. Portanto, se você deseja cabelos mais saudáveis, comece a fazer mudanças na alimentação. Inclua bastante proteínas e ferro. A dieta é dividida em duas categorias: macro (dieta rica em proteínas) e micro (minerais e vitaminas). Ambas são importantes para a condição do seu cabelo. Alimentos como castanhas, iogurtes e espinafre são benéficos também, e você deve acrescentá-los na dieta.

  1. Acrescente soluções naturais na sua rotina

Considere utilizar soluções naturais para melhorar seu cabelo. Aplicá-las geralmente é bem fácil; muitas são tratamentos tópicos que podem ser aplicados diretamente no seu couro cabeludo ou no cabelo. Ingredientes como Shikakai (rico em minerais e antioxidantes), alecrim ou óleo de coco fortalecem os folículos e podem reduzir a calvície.

Conclusão

A calvície ocorre em qualquer estágio da vida e em diferentes graus. Não existe produto capilar ‘mágico’ que possa pará-la. Não aumente a dosagem do tratamento ou comece a se tratar com certos produtos sem consultar um especialista. A Vinci Hair Clinic oferece uma avaliação gratuita para todos os novos clientes. Entre em contato e marque sua avaliação hoje mesmo!