Normalmente, uma pessoa perde cerca de 100 fios diariamente. Mesmo que esse número pareça assustador pra você, é algo completamente normal. Porém, o que pode preocupar mais é o período pós-parto das mulheres. Tecnicamente conhecido como eflúvio telógeno, o processo de calvície depois da gravidez pode fazer com que as mulheres percam até 300 fios por dia.

De acordo com os cientistas, isso é um processo natural que não deve alarmar você. A calvície pós-parto ocorre por conta de uma não-regulamentação dos níveis hormonais (principalmente o estrogênio) quando o corpo começa a se recuperar da fase de gravidez.

O início da calvície pós-parto

A calvície pós-parto pode ser percebida de dois a quatro meses depois do parto, e pode durar por vários meses. As mulheres com cabelo comprido e cabelo que cresce rápido durante a gravidez também possuem grande possibilidade de sofrer com calvície intensa.

Entretanto, os cientistas afirmam que a calvície nem sempre é proporcional ao crescimento capilar durante a gravidez. Durante os meses da gravidez, o aumento nos níveis de estrogênio se estende para o processo de crescimento capilar. A quantidade de cabelo no estágio de repouso é menor, e a quantidade de fios que caem diminui, dando ao seu cabelo uma aparência mais densa.

Depois da gravidez, as mulheres sofrem uma redução dos níveis de estrogênio, e o número de folículos capilares entrando na fase de repouso aumenta. Esse cabelo cai de três a cinco meses depois. Então, dentro de cinco meses, não fique surpresa se encontrar mais cabelos caindo no chuveiro ou na escova.

Essa condição é considerada como temporária, e o ciclo de crescimento capilar retorna ao normal depois de um ano. Se esses sintomas persistirem além dos 12 meses, é aconselhável consultar um médico para receber conselhos profissionais.

Como tratar da calvície pós-parto por conta própria

Prevenir a calvície ainda não é possível. Os hormônios femininos devem se regular sozinhos depois do parto, e esse é um efeito colateral do processo. As mudanças na sua dieta e outras dicas podem te ajudar a diminuir os efeitos da calvície. Abaixo, reunimos cinco dicas que não precisam de assistência médica e são simples de fazer.

  1. Manter uma dieta saudável

Escolher o alimento que entra em seu corpo é essencial para regular o sistema hormonal e manter uma condição saudável. Além disso, uma dieta cuidadosamente planejada contém os nutrientes necessários que ajudam o corpo a se recuperar mais rapidamente, diminuindo o progresso da calvície pós-parto. Geralmente, uma dieta correta deve ser equilibrada e rica em nutrientes e vitaminas através de frutas, grãos, vegetais e peixes. Para processar tudo corretamente, mantenha-se hidratado.

  1. Diminuir seu nível de estresse

O estresse afeta os folículos capilares e interrompe a produção de novos fios, diminuindo a densidade capilar e fazendo com que o cabelo caia mais rapidamente. Reduzir o nível de estresse ajuda a equilibrar a atividade hormonal que afeta os folículos capilares. Acrescente técnicas práticas de relaxamento em sua rotina diária, como yoga, caminhada, meditação, sessão de respiração controlada, e passe tempo com os amigos para manter o nível de estresse mais baixo.

  1. Usar um xampu de volume

O xampu de volume ajuda a prevenir as raízes capilares de caírem. Ele hidrata a pele e as raízes do cabelo para melhorar a elasticidade e reparar a cutícula capilar. Os xampus e condicionadores atuais são feitos de soluções que complementam a visibilidade e mantêm o cabelo hidratado sem pesá-lo. Quando aplicado, ele condiciona apenas as pontas do cabelo e evita que fiquem pesadas.

  1. Evitar dano no cabelo causado por produtos ou calor

Depois da gravidez, o corpo passa por um processo de recuperação. Durante esse período, o cabelo fica frágil e fraco, e a exposição ao calor das ferramentas e secadores pode danificá-lo. Ao invés de aplicar tratamentos e produtos químicos nocivos, use xampus e condicionadores e reduza o uso de ferramentas quentes.

  1. Tomar vitaminas

As vitaminas exercem um papel importante no alívio da calvície. Procure por vitaminas D, B, C, A, B12, zinco e ferro, pois a falta destes elementos pode prolongar a calvície pós-parto. Estes minerais estimulam o surgimento de glóbulos vermelhos que transportam o oxigênio para as células do corpo.

Conclusão

A calvície pós-parto deixa algumas mulheres desconfortáveis com o cabelo, levando ao uso de tratamentos ou condicionadores. Não há nada de errado em tentar métodos diferentes até você encontrar o que funciona em seu cabelo. Porém, tome cuidado e procure por conselho especializado.

A Vinci Hair Clinic oferece avaliações gratuitas a todos os nossos clientes, então se você está procurando por um tratamento específico ou procedimento, ou se apenas deseja receber conselhos, a Vinci pode ajudar. Entre em contato e marque sua avaliação hoje!