A calvície parece estar em alta nos últimos anos, mas os cientistas não ficaram parados. Auxiliados pelos avanços tecnológicos, eles estudaram sistemas biológicos sofisticados que permitem o funcionamento de nossos corpos. A calvície tem recebido bastante atenção, levando ao desenvolvimento de métodos revolucionários para seu tratamento.

Para mulheres e homens preocupados com este problema, a busca por uma solução contra a calvície surge a partir de uma necessidade estética. O crescimento capilar reforça o senso de identidade. E a indústria capilar rapidamente disponibilizou soluções convenientes, eficazes, confiáveis e estáveis.

Neste artigo, revisitamos os períodos desafiadores de pesquisa e progresso desde os dias iniciais até o presente, e deixaremos alguns comentários para você sobre o futuro das tecnologias de crescimento capilar.

O que faz dos tratamentos contra calvície desafiadores?

Produzir uma solução satisfatória contra a calvície requereu anos de pesquisa por motivos óbvios: é uma condição complicada. Nosso cabelo cai por várias razões, e definir estas razões requer um exame mais cuidadoso.

Pode ser resultante de uma condição médica, fatores genéticos ou o efeito de um estilo de vida não regulado. Para cada caso, um tipo especializado de tratamento é necessário. Tais problemas prolongaram a missão da ciência de entender a calvície e o crescimento capilar.

O início dos tratamentos contra calvície

Durante o século 20, o público foi apresentado com os primeiros passos da indústria do tratamento capilar. Eles foram recebidos com frustração por um motivo bem simples: eles eram ineficazes. Feitos de diferentes combinações de cremes e óleos, esta “tecnologia” primitiva não conseguia vencer a batalha contra a calvície.

A única opção restante para as pessoas da época era esconder a área calva usando uma peruca, ou escondendo com um penteado. Desde então, a ciência descobriu outras maneiras práticas que realmente recuperam o cabelo.

Utilizando séruns de crescimento

A partir das primeiras soluções, os laboratórios comerciais desenvolveram vários cremes e séruns para os consumidores. Estes produtos foram aplicados para o couro cabeludo e resultaram em crescimento capilar limitado.

Soluções similares podem ser encontradas no mercado hoje. Duas delas são o minoxidil e a finasterida, medicamentos que restauram o crescimento. Eles funcionam principalmente em homens, mas em determinadas condições, as mulheres também podem ser beneficiadas.

Introduzindo os transplantes capilares

Vendo o impacto limitado dos cremes e séruns, os cientistas e consumidores voltaram sua atenção aos transplantes cirúrgicos. Como o nome sugere, o cabelo de uma parte da cabeça (geralmente da parte de trás) é retirado e transplantado cirurgicamente nas áreas afetadas pela calvície. Essas áreas incluem as têmporas, o couro cabeludo e a linha capilar.

Embora o método funcione, ele não é adequado para qualquer um. É necessário uma área de doação adequada para que o transplante seja bem-sucedido, embora o transplante capilar também não sirva para alguns tipos de calvície. Apenas um cirurgião qualificado pode aconselhar sobre sua adequabilidade para o transplante.

Terapia com laser de baixa frequência

A terapia de laser de baixa frequência (LLLT) é outro procedimento tecnologicamente avançado que surgiu nos anos recentes. Este método é comprovadamente eficaz na prevenção da calvície. Ele é implementado usando faixas de laser ou chapéis, e o LLLT não impõe limitações na rotina das pessoas.

O processo responsável pelo estímulo de crescimento capilar através do LLLT é conhecido como fotobioestimulação. Embora os cientistas estejam no processo de pesquisar ainda mais este método, eles preveem um futuro otimista para seu uso. O processo por trás da fotobioestimulação envolve cinco fases que estimulam o crescimento capilar:

  1. Trifosfato de adenosina (ATP) possui sua produção aumentada
  2. Isso energiza os folículos capilares
  3. Grandes quantidades de oxigênio e nutrientes são direcionados para as células, aumentando a circulação sanguínea.
  4. O aumento diminui a dihidrotestosterona (DHT), o hormônio que contribui para a calvície.
  5. As células se reproduzem mais rápido e a taxa de miniaturização dos folículos capilares diminui.

Crescimento capilar com exossomos

A pandemia do coronavírus interrompeu diversas atividades, mas não as pesquisas. Ao invés disso, ela encorajou os pesquisadores a passarem mais tempo testando e produzindo novos tratamentos. Os exossomos são um destes tratamentos experimentais considerados para o crescimento capilar. Essas nanopartículas, descobertas há mais de 35 anos, estimulam a comunicação celular.

Surpreendentemente, os exossomos contêm mRNA, que também é encontrado nas vacinas do coronavírus. Esse RNA mensageiro instrui as células a se comportarem de maneira diferente. Teoricamente, essas injeções instruem as células capilares a se estenderem. Já que os exossomos constituem partículas de proteínas, eles possuem a capacidade de regenerar o tecido e até os folículos capilares.

Afinamento capilar com tratamentos tópicos

Novas pesquisas no afinamento capilar dão esperança de que cremes tópicos possam trazer resultados. Neste momento, os especialistas capilares estão trabalhando em dois produtos.

O primeiro é um creme baseado na osteopontina chamado de FOL-005, focado em homens, enquanto que o outro é a Breezula, que promete redução da calvície com poucos efeitos colaterais. A Breezula foi testada apenas em homens até então, mas os cientistas estão trabalhando em formas de adaptá-la para mulheres também.

Melhora de densidade

Felizmente, algumas pessoas apenas precisam de maior densidade capilar, e não necessariamente de crescimento capilar. Uma pessoa deve ter aproximadamente 2.200 fios de cabelo a cada cm². Você pode tentar encontrar a sua densidade capilar por conta própria, mas pode ser mais fácil (e menos tedioso!) consultar um especialista para saber se há algo com o que se preocupar.

A densidade capilar nem sempre exige tratamento cirúrgico. Existem vários produtos que aumentam a densidade em homens e mulheres, cada um com pequenas diferenças. A maioria deles são produzidos como xampus, condicionadores ou séruns para aumento de densidade.

Resumo

Desde o primeiro creme há muitos anos até o uso de lasers e transplantes, a indústria de crescimento capilar progrediu rapidamente, e mais desenvolvimentos empolgantes estão a caminho. Mas lembre-se que existem diferentes causas da calvície, e pessoas com necessidades diferentes; não há uma única solução que serve para todos.

A melhor maneira de encontrar uma solução que sirva para você é consultando um especialista. Marque uma avaliação gratuita com um especialista da Vinci Hair Clinic. Temos clínicas em todo o mundo, e utilizamos tecnologia de ponta para combater a calvície. Entre em contato e marque sua avaliação hoje!