Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

  • Português
  • Português

Cuidar do seu couro cabeludo pode ser a mudança que seu cabelo precisa!

Você sabe sobre jardinagem? Nem eu. Mas ao conversar com jardineiros, sei a importância que um bom solo possui. Afinal, é o solo que fornece os nutrientes, oxigênio, umidade e suporte para as raízes crescerem. É o solo que determina o quanto uma planta cresce, ou se ela deve morrer. Assim como as plantas, nosso cabelo depende de uma base saudável para os nutrientes, oxigênio e suporte. Essa base é nosso couro cabeludo, ainda assim prestamos pouca atenção nele.

Este artigo abordará esta parte importante mas negligenciada de nossa cabeça. Analisaremos o surgimento do sérum para couro cabeludo, um produto que pode ser tão importante para a cabeça quanto o fertilizante para o solo.

E chega de referências à jardinagem, eu prometo!

Problemas no couro cabeludo

A maioria das pessoas já devem ter tido problemas no couro cabeludo em algum momento. Eles vêm em diferentes formas: caspa, irritação, ressecamento, oleosidade, coceira, acúmulo de produtos, espinhas, vermelhidão – a lista continua. A maioria dessas aflições podem ser lidadas com medicamentos da farmácia. Mas se elas são mais graves, é necessário procurar um médico ou dermatologista.

Ainda assim, mesmo uma condição leve no couro cabeludo pode afetar seu cabelo. Isso acontece porque os sintomas são uma indicação de que algo está errado abaixo da superfície do couro cabeludo. É uma indicação de que o microbioma do couro cabeludo está desequilibrado.

O que é o Microbioma do couro cabeludo?

O microbioma é uma coleção de microrganismos que são encontrados em um lugar em particular. O microbioma do couro cabeludo consiste em uma vasta gama de bactérias, fungos e vírus. Ele se estende até a derme e fornece os nutrientes necessários para ajudar no crescimento capilar.

O interesse acadêmico no microbioma do couro cabeludo está apenas no começo, então pesquisas ainda são escassas, mas existem algumas evidências sugerindo que o microbioma do couro cabeludo regula e afeta algumas funções do couro cabeludo. Quando ele está devidamente equilibrado, protege seu cabelo e previne a quebra. Ele determina quando seu cabelo está em péssimo estado ou brilhando com vida.

Resumindo, seu cabelo depende do microbioma para manter seu equilíbrio. Qualquer desequilíbrio provavelmente terá consequências negativas para seu cabelo, inclusive o afinamento capilar e calvície; algumas formas de alopecia podem surgir por conta do microbioma do couro cabeludo.

O que causa o desequilíbrio do microbioma?

Os perigos para o microbioma do couro cabeludo vêm de todas as direções. Ele pode ser afetado por alterações hormonais no corpo, pelos alimentos ingeridos, estilo de vida, e também pelo ambiente onde você vive. Pesquisas indicam que o Congresso Europeu da Academia de Dermatologia e Venereologia em outubro de 2019 demonstrou que as células do couro cabeludo expostas aos poluentes do ar causados por combustíveis fósseis perdem algumas das proteínas responsáveis pelo crescimento e retenção capilar.

Alguns profissionais capilares recomendam que você combata o efeito da poluição do ar lavando o cabelo com mais frequência. O problema com essa abordagem é que a maioria dos produtos capilares não foram feitos com o microbioma em mente, e seu impacto ainda é desconhecido. Pode ser que condições como a alopecia sejam estimuladas ou pioradas pelos xampus e condicionadores que você utiliza diariamente.

Sérum para couro cabeludo

Você deveria incluir os séruns para couro cabeludo em sua rotina capilar. Assim como os séruns para pele, eles realizam diferentes funções. Com ingredientes ativos concentrados, eles enfrentam problemas específicos como ressecamento, afinamento e irritação. Se o seu couro cabeludo está seco e coçando, considere usar um sérum com hidratante. Tipicamente, esse tipo de sérum contém aloe vera, vitamina E e hamamélis para aliviar e hidratar o couro cabeludo irritado.

Os séruns para pessoas que sofrem de calvície ou afinamento capilar bloqueiam a enzima 5-alfa redutase, conhecida por liberar a dihidrotestosterona (DHT). É o DHT que causa a calvície. Esses séruns também fornecem nutrientes para o couro cabeludo, melhorando a circulação sanguínea e limpando a sujeira do couro cabeludo que pode inibir o crescimento capilar.

Conclusão

Geralmente a condição do couro cabeludo é um fato negligenciado. Uma infecção crônica do couro cabeludo não é apenas desagradável e desconfortável, mas também pode interferir com o ciclo de crescimento capilar e causar calvície. Felizmente, este artigo destacou a importância de cuidar bem do microbioma do couro cabeludo e do papel do sérum em ajudar com isso.

Se você se preocupa com alguma condição capilar, é melhor lidar o mais cedo possível com isso. A Vinci Hair Clinic está aqui se você precisar de conselho ou tratamento. Oferecemos a todos os novos clientes uma avaliação gratuita e sem compromisso. É uma ótima oportunidade de receber respostas para todas as suas perguntas. Entre em contato conosco e marque sua avaliação hoje!