0

O tratamento de queratina é uma das soluções capilares mais populares para quem quer ter um cabelo mais brilhoso. Muitas mulheres até o consideram um tratamento milagroso. Entretanto, este tratamento também possui controvérsias. Embora consiga reduzir o frizz e dar mais vida ao cabelo, ele faz isso utilizando ingredientes químicos nocivos.

Não há dúvidas de que o tratamento de queratina funciona, mas ele possui efeitos colaterais adversos? A resposta é sim, mas isso não significa que você deva ignorá-lo. Existem maneiras de aproveitar seus benefícios sem sofrer as consequências. Leia mais para aprender sobre os efeitos colaterais do tratamento de queratina e de como evita-los.

O que é o tratamento de queratina?

O tratamento de queratina é um procedimento químico tipicamente feito em um salão de beleza para deixar o cabelo mais macio e liso. O cabeleireiro usa uma mistura de produtos químicos para aplicar uma camada de queratina no seu cabelo durante o tratamento. Este processo sela as cutículas para manter a umidade, prevenindo o movimento da umidade dentro dos fios.

Dependendo do seu tipo, textura e comprimento de cabelo, o tratamento de queratina pode levar de uma a três horas, e durar de três a seis meses. Ele pode ser incrivelmente eficaz no controle de cabelo e alisamento dos fios. Mas já que envolve o uso de calor forte e produtos químicos, pode ser nocivo ao cabelo.

Devemos salientar que a queratina em si não é nociva. Ela é uma proteína estrutural localizada nas unhas, na pele e no cabelo. Ela exerce um papel crucial em manter tudo em ordem, enquanto previne o dano e a quebra. A queratina pode ser encontrada em vários xampus e condicionadores do mercado.

Quem deve fazer o tratamento de queratina?

O tratamento de queratina não é para todos. Por exemplo, se você sempre teve frizz e cabelo áspero, o tratamento de queratina pode servir para você. Porém, se o seu cabelo é delicado, fino ou processado em excesso, o tratamento pode deixar os fios quebradiços e fracos. É por isso que é necessário consultar um estilista antes de marcar o tratamento.

Riscos em potencial do tratamento de queratina

Alguns tratamentos de queratina contêm o produto químico formaldeído. Ele é um gás sem cor e de cheiro forte que mantém o cabelo liso e sem frizz durante meses. Embora não seja perigoso ao toque, especialistas afirmam que a exposição prolongada pode causar câncer de cérebro e nasal. Outros possíveis efeitos colaterais do tratamento de queratina incluem os seguintes.

Problemas respiratórios ou reações alérgicas

De acordo com o Centers for Disease Control and Prevention (CDC), a agência de saúde pública dos Estados Unidos, os efeitos colaterais adversos da exposição de formaldeído incluem coceira nos olhos, sangramento nasal e dor de garganta. Ele também pode causar reações alérgicas, irritação no couro cabeludo, e náusea.

Clientes de salões que fazem o tratamento não sofrem de problemas a menos que sejam alérgicos ao produto. Já os cabeleireiros podem sofrer de dores de cabeça e pressão no peito por dias depois do tratamento de queratina. Alguns relatam sangramentos nasais, irritação nos olhos e dificuldade para respirar. Por este motivo, muitos profissionais se recusam a realizar o tratamento de queratina por conta de suas consequências.

Cabelo fica suscetível à quebra e ao dano

O tratamento de queratina envolve a exposição do cabelo ao calor intenso, o que pode danificar seus fios. Aplicar calor demais ou alisar demais o cabelo pode deixá-lo ressecado e quebradiço;

Se o seu cabelo foi pintado, o tratamento de queratina pode piorar ainda mais sua condição e deixar o cabelo fraco, com pontas duplas e quebrado.

Soluções para os efeitos colaterais do tratamento de queratina

Embora as consequências negativas do formaldeído sejam preocupantes, não significa que você não deva utilizá-lo. Aqui estão algumas soluções práticas para prevenir efeitos colaterais.

Faça uma versão sem formaldeído

Antes de fazer o tratamento de queratina, certifique-se que o salão ofereça uma versão sem formaldeído. O resultado do tratamento pode ser menos intenso e menos duradouro, mas você ficará tranquila em saber que não foi exposta aos ingredientes químicos.

Faça um teste

Se ainda não tem certeza sobre sua alergia, é recomendável fazer um teste. Desta forma, você não terá de lidar com irritação do couro cabeludo ou reação alérgica durante ou depois do processo.

Conclusão

O tratamento de queratina é eficaz para dar mais brilho e maciez ao seu cabelo. Porém, certifique-se de considerar seu tipo e textura capilar antes de marcar um tratamento, e procure um processo sem formaldeído.

As suas escolhas capilares podem afetar a sua calvície. Se você está preocupada com a calvície ou afinamento capilar, entre em contato com a Vinci Hair Clinic. Oferecemos avaliações gratuitas e sem compromisso para todos os nossos novos clientes. Marque sua avaliação hoje!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright Vinci Medical Group 2006 - 2020

Images included in this and any Vinci Hair Clinic website, especially images of Vinci Hair Clinic clients, are the property of Vinci Hair Clinic and not to be reused by any third party without the express permission of Vinci Hair Clinic

X