0

Você provavelmente deve coçar sua cabeça mais do que pensa. Para muitas pessoas, coçar a cabeça é um processo involuntário e inconsciente. Entretanto, para outros, pode ser um sinal precoce de caspa ou de infecção no couro cabeludo. Coceira no couro cabeludo é relativamente comum em homens, mulheres e crianças e é conhecida como prurido do couro cabeludo em termos médicos. Como saber se a coceira pode ser algo mais sério? Neste artigo, você aprenderá mais sobre coceira no couro cabeludo, como reconhecê-la e o que fazer para tratá-la. Leia mais para descobrir.

Coceira no Couro Cabeludo é o Mesmo Que Calvície?

Não é incomum para algumas pessoas sofrerem de calvície e de coceira no couro cabeludo ao mesmo tempo. Cerca de 50 a 100 fios caem naturalmente todos os dias. A coceira de couro cabeludo e a calvície são ocorrências independentes, embora alguns cientistas sugiram que exista uma conexão entre as duas.

Infecções fúngicas, reações a produtos capilares e inflamação do folículos capilar são condições capilares que podem levar à coceira no couro cabeludo e também à calvície.

Coceira excessiva pode ser resultante da cicatrização no couro cabeludo quando o dano na pele danifica as fibras nervosas. Efeitos típicos de coçar repetidamente incluem sangramentos, formação de crostas e calvície temporária. A boa notícia é que assim que você tratar da causa da coceira, o seu cabelo crescerá novamente.

Por isso, um couro cabeludo que coça nem sempre vai causar calvície caso a causa da coceira seja tratada a tempo. Se a calvície ocorrer, provavelmente é temporária, e todo o cabelo perdido retornará dentro de alguns poucos meses.

Causas da Coceira no Couro Cabeludo

A dermatite seborreica, também conhecida como caspa, é uma das principais causas de coceira no couro cabeludo. Existem dois fatores principais que levam à formação de caspa em áreas saudáveis do couro cabeludo. São eles:

  1. Produção excessiva de óleos, como o sebo
  2. A presença de fungos comuns conhecidos como Malassezia

Se você tem um couro cabeludo oleoso, suas glândulas podem acabar inflamadas, levando à coceira, vermelhidão e pontos brancos e amarelados.

A malassezia cresce naturalmente pelos óleos do couro cabeludo, mas quando há um desenvolvimento anormal, a pele produz mais óleos do que o normal. O eczema seborreico pode ocorrer como resultado dessa produção excessiva de óleos pelas glândulas sebáceas.

Outras causas típicas da caspa incluem surgimento de outros tipos de fungos, temperaturas sazonais e alterações na umidade, além do estresse. Xampus anticaspa contendo ingredientes como alcatrão de carvão ou ácido salicílico são eficazes no tratamento da caspa. Cremes antifúngicos também fornecem alguma ajuda.

Sensibilidade da Pele e Respostas Alérgicas

Trocar de produtos capilares ou de xampu pode resultar em coceira e descamação do couro cabeludo. Se isso ocorrer depois que você começou a utilizar algum produto novo, pare imediatamente para resolver o problema. O acúmulo de resíduos de xampu no couro cabeludo também pode causar reações na pele e coceira no couro cabeludo. Utilize produtos naturais e enxague cuidadosamente depois de cada lavagem.

Outra causa comum de reações no couro cabeludo é a dermatite, comum entre aqueles que trocam de cor de cabelo frequentemente. Parafenilenodiamina (PFD) é um ingrediente em tinturas capilares responsável pelas reações alérgicas. Sempre leia o rótulo e evite qualquer coisa com esse ingrediente. Além disso, evite produtos capilares que contenham fragrâncias artificiais e produtos químicos nocivos para prevenir reações no couro cabeludo.

Tratando de Coceira no Couro Cabeludo Naturalmente

Irritações e coceiras leves do couro cabeludo geralmente desaparecem por conta própria, sem a necessidade de intervenção médica. Na maioria dos casos, voltar a utilizar um produto capilar que você usava antes é tudo o que você precisa. Entretanto, se a coceira e a vermelhidão persistirem, procure um dermatologista para diagnosticar a causa e prescrever um tratamento.

Caso você deseje utilizar algum ingrediente natural, aqui estão alguns dos melhores tratamentos:

  • Óleo de Coco – contém uma alta quantidade de ácido láurico, que ajuda a pele a absorver óleos hidratantes e a aliviar a coceira.
  • Vinagre de Cidra – as propriedades antibactericidas e antifúngicas do vinagre de cidra fazem dele ideal para a criação de um ambiente neutro no seu couro cabeludo. Use-o para enxaguar o xampu, diluindo em água morna. Use regularmente para também lidar com a caspa.
  • Óleo de Hortelã – possui um efeito calmante na coceira do couro cabeludo. Misture com outro óleo como o óleo de oliva e massageie no couro cabeludo antes e depois de usar xampu.
  • Óleo de tea tree – possui propriedades antissépticas, antimicróbicas e antifúngicas que ajudam a aliviar o desconforto e os sintomas de coceira no couro cabeludo. O óleo de tea tree é um óleo essencial de cheiro forte, e requer que seja diluído no óleo de oliva para ser massageado no couro cabeludo. Você também pode utilizar algumas gotas do óleo no seu xampu.

Preocupado Com Coceira no Couro Cabeludo?

Uma consulta com um dermatologista sempre é aconselhável caso você esteja tendo problemas para se livrar da caspa ou da coceira no couro cabeludo. Coçar constantemente o couro cabeludo possui consequências indesejáveis, tais como inflamação e calvície. Na Vinci Hair Clinic, nossos especialistas estão atentos sobre diversos problemas capilares. Pare de se preocupar com a coceira no couro cabeludo e ligue-nos para marcar sua avaliação ainda hoje.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright Vinci Medical Group 2006 - 2020

Images included in this and any Vinci Hair Clinic website, especially images of Vinci Hair Clinic clients, are the property of Vinci Hair Clinic and not to be reused by any third party without the express permission of Vinci Hair Clinic

X