0

A calvície ou alopecia em termos médicos é a perda de cabelo no couro cabeludo e outras áreas do corpo. Ela pode ser temporária ou permanente. A calvície pode ser extremamente severa e variar entre uma área pequena até o couro cabeludo inteiro. Na maioria dos casos, a cicatrização ou inflamação não é presente.

A calvície pode resultar de problemas hereditários, estresse, medicamento e suplementos, alterações hormonais e condições médicas, penteados, e tratamentos capilares. As pessoas testam todos os tipos de remédios quando a calvície se aproxima. Alguns funcionam, outros são perda de tempo e dinheiro. As pessoas às vezes escolhem sistemas de substituição capilar, inclusive perucas.

Tipos Comuns de Calvície

Os dois tipos de calvície mais comuns são os seguintes:

  • Calvície padrão (hereditária): ocorre tanto em homens quanto mulheres. Isso é calvície permanente no couro cabeludo, que pode levar à calvície.
  • Alopecia areata (calvície em tufos): calvície repentina que começa com pontos circulares de calvície. Geralmente ocorre quando o sistema imunológico ataca os folículos capilares e pode ser causado por estresse severo.

Transplante Capilar e Substituição Capilar

Perdemos cerca de 50-100 fios todos os dias. Essa calvície geralmente não é perceptível porque apenas alguns fios caem e o cabelo cresce novamente. O cabelo é considerado parte da beleza e da identidade de uma pessoa. Por conta de diversos fatores, a calvície pode aumentar diariamente, tornando-se um problema cosmético. Calvície como a calvície padrão feminina pode afetar a saúde mental, levando à depressão, baixa autoestima e ansiedade.

Felizmente, com os avanços modernos em cirurgias cosméticas, a calvície pode ser revertida. Algumas condições com a perda de cabelo (alopecia areata) e a calvície padrão feminina (alopecia androgenética) podem ser tratadas através de procedimentos cirúrgicos como o transplante capilar.

O transplante capilar é um procedimento cirúrgico para o tratamento da calvície onde os folículos capilares são transplantados da parte de doação do couro cabeludo para a parte onde há afinamento ou recessão capilar. Os dois procedimentos de transplante mais bem-sucedidos são: O transplante de unidade folicular e a extração de unidade folicular.

Transplante de Unidade Folicular (FUT)

FUT é um método mais clássico de transplante capilar. Ele envolve a remoção de uma faixa de pele da parte de trás do couro cabeludo onde o cabelo é abundante. A seguir, os cirurgiões extraem os folículos capilares da faixa de pele. Por último, eles inserem os folículos capilares na parte do couro cabeludo onde você sofre calvície.

Extração de Unidade Folicular (FUE)

Aqui, os médicos extraem as unidades foliculares individuais (grupos de tipicamente quatro folículos) diretamente da área de doação. A seguir, eles implantam os folículos capilares na área recipiente.

Sistema de Substituição Capilar

A substituição capilar é uma solução temporária e não cirúrgica contra a calvície. Cabelo humano ou sintético é colado no couro cabeludo afetado pela calvície. Depois da substituição capilar, é necessário realizar verificações mensais.

Basicamente, o transplante capilar é uma maneira de tratar da calvície cirurgicamente transplantando o cabelo de uma área do couro cabeludo para outra, onde a calvície é evidente. Em comparação, a substituição capilar é um procedimento não cirúrgico e uma solução quase instantânea para outras formas de calvície. Ambos os métodos fornecem uma solução para calvície, mas as perucas e peças são soluções temporárias.

Diferenças Entre o Transplante Capilar e a Substituição Capilar

A diferença mais óbvia entre o transplante capilar e a substituição é que uma envolve cirurgia e a outra não.

Sabe-se que qualquer operação cirúrgica possui riscos. Os transplantes capilares não estão isentos. Além do risco de sangramento e infecção, cicatrizes e crescimento capilar não natural também podem ocorrer. O paciente pode até sofrer de choque por perda, que é a perda do cabelo transplantado por conta de uma infecção.

Diferente dos transplantes capilares, a substituição não possui muitos riscos porque não é um procedimento cirúrgico. O único problema é que ao colar o cabelo com cola, você pode sofrer uma reação alérgica, apesar de não ser um grande problema pois as colas possuem antialérgico.

Outra diferença óbvia é que na substituição capilar, você tem o resultado exato que deseja. O resultado final do transplante capilar leva cerca de 12 meses para aparecer, e pode não ser conforme o esperado.

Depois de realizar a cirurgia de transplante capilar, você precisa aguardar pelo menos seis meses para a recuperação alcançar os resultados finais. Portanto, o transplante não é uma solução imediata. Por outro lado, utilizar sistema de substituição capilar pode oferecer resultados imediatos, e você pode escolher como seu cabelo vai ficar.

Um transplante capilar por um cirurgião especializado recuperará o seu cabelo e durará muito tempo. Por outro lado, uma peruca ou substituição não dura mais do que alguns meses. Mesmo assim, as perucas requerem manutenção frequente, tornando seu preço alto a longo prazo.

Escolhendo a Clínica Certa Para Transplante Capilar

Agora que você sabe que o transplante capilar oferece a oportunidade real de uma restauração capilar permanente, vale a pena notar que a Vinci Hair Clinic é especializada em uma variedade de tratamentos capilares, incluindo os transplantes capilares. Aprenda mais sobre os transplantes capilares e descubra se você é um candidato adequado ligando para nós ainda hoje.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright Vinci Medical Group 2006 - 2020

Images included in this and any Vinci Hair Clinic website, especially images of Vinci Hair Clinic clients, are the property of Vinci Hair Clinic and not to be reused by any third party without the express permission of Vinci Hair Clinic

X