Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

  • Português
  • Português

Por que os tratamentos capilares são melhores hoje em dia?

Antigamente, a restauração capilar era motivo de comédia. As perucas sempre estavam nas mãos de comediantes, e eram uma fonte de risos. As primeiras tentativas de transplante capilar foram um grande avanço, mas até mesmo os característicos ‘plus capilares’ eram facilmente identificáveis e também motivos de risos.

Esses dias já se foram. Agora, os transplantes capilares fornecem cabelos naturais e imperceptíveis dos demais cabelos. Como isso é possível? Este artigo analisará as técnicas modernas de transplante capilar e explicará como avançamos das piadas até chegar aos dias de hoje.

No passados

Os transplantes capilares começaram a substituir as perucas na década de 50. Os transplantes capilares pioneiros da época eram feitos com uma ferramenta de ‘punch’. Ela removia áreas circulares com cerca de vinte folículos da parte de trás da cabeça, e eram inseridas em pequenos buracos cortados pelo cirurgião nas áreas calvas. É daí que surgiu o termo ‘plug capilar’, já que os folículos eram praticamente plugados nos buracos.

O transplante de plug capilar continuou sendo o padrão até a década de 80, e deixava cicatrizes perceptíveis na parte de trás da cabeça. Ele também produzia padrões capilares estranhos. As raízes eram implantadas com um ângulo mais alto e com algumas lacunas entre eles. Isso deixava os clientes com cabelos que cresciam simetricamente para cima, algo que não ficava  natural e se destacava do cabelo normal. O estigma dos transplantes capilares ainda continuava.

A estratégia por trás dos primeiros transplantes capilares era válida. Utilizar os folículos capilares do próprio paciente para crescer cabelos naturalmente em outras áreas da cabeça era a forma correta. Mas a execução dessa estratégia deixava a desejar. Isso acontece por conta da inexperiência cirúrgica de uma área que ainda estava iniciando, além dos limites tecnológicos da época.

Mais experiência, tecnologias melhores

Assim como qualquer processo cirúrgico, o tempo permitiu que os cirurgiões aprendessem e melhorassem suas habilidades. Agora existem mais cirurgiões especializados nessa área e com melhor entendimento sobre os ângulos capilares e a densidade de folículos. Mas foi o desenvolvimento tecnológico que permitiu as maiores inovações da área.

A tecnologia de transplante capilar era inexistente até os anos 50. As inovações foram feitas a partir da década de 90. Os métodos modernos de transplante capilar permitem resultados naturais, sem aquela aparência de ‘plug capilar’ que era associada com os transplantes. Essa mudança na indústria certamente aconteceu com a chegada do transplante de Extração de Unidade Folicular (FUE).

O método de FUE moderno retira as unidades foliculares individuais com uma microagulha, ao invés de ferramentas punch. Isso acabou com as cicatrizes desagradáveis, que eram características dos transplantes. A cirurgia FUE também permitiu o implante individual de folículos em áreas específicas e nos ângulos corretos. Isso significa que nenhum tufo de cabelo ficará para cima na cabeça, como se fosse um cabelo de boneca.

Além dessa técnica, a melhor precisão das ferramentas cirúrgicas atuais permitiu aos cirurgiões um maior nível de qualidade e criatividade.

No futuro

Por conta dos avanços cirúrgicos e tecnológicos, provavelmente nunca houve um momento melhor para fazer um transplante capilar. Isso não significa que não existam melhorias no futuro. Muitos cirurgiões acreditam que o futuro será em volta dos transplantes de células-tronco. Se isso se tornar uma realidade, não será mais necessário retirar os folículos capilares da parte de trás e da lateral da cabeça. Além de acelerar o processo, isso fará com que a cirurgia seja ainda menos invasiva.

Conclusão

O estigma social atrelado à restauração capilar já acabou nos dias de hoje. Esse processo foi possível graças aos diversos atores, atletas, músicos e artistas que realizaram transplantes capilares e falaram abertamente sobre isso. Além de tudo, o estigma foi removido por conta das melhorias nos transplantes capilares. Nada promove melhor um negócio do que clientes satisfeitos e cabelos saudáveis.

Se você ainda tem dúvidas ou perguntas sobre a calvície, a Vinci Hair Clinic pode ajudar. Somos uma das organizações líderes em restauração capilar, com clínicas em todo o mundo. Além disso, oferecemos uma avaliação gratuita e sem compromisso com nossos especialistas para todos os novos clientes. Entre em contato e marque a avaliação que pode mudar sua vida para sempre!