Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

  • Português
  • Português

Porque o Príncipe Harry deveria enfrentar sua calvície agora

Será que o Príncipe Harry renunciou ao seu cabelo? Comentários recentes feito pelo membro da Realeza de 37 anos parecem indicar isso. Enquanto promovia o Invictus Games em Haia, em Abril, ele brincou estar ‘fadado’ a seguir os passos de seu pai e de seu irmão mais velho com a calvície. Fotos tiradas no evento mostram que Harry está perdendo seu famoso cabelo ruivo muito rapidamente.

Se Harry está confortável com a possibilidade de ficar careca então tudo bem, mas muitas vezes o  que um homem diz (ou faz piada sobre) esconde uma preocupação. Será que esse seria o caso do príncipe? Em fevereiro, ele compareceu ao Superbowl na Califórnia com um novo corte de cabelo, e os comentaristas acreditaram que estava escondendo suas entradas. Talvez ele não esteja tão confortável assim.

Apenas Harry sabe sobre como ele realmente se sente sobre a calvície, mas se ele quiser fazer algo sobre isso, agora seria o melhor momento. Leia mais para entender porquê!

Saúde Mental

A saúde mental é um problema para Harry. Ele já falou abertamente sobre seus problemas com ansiedade e ataques de pânico aos 20 anos. Dado seu histórico e o fato de que ele não está se dando bem com a família, ele não precisa de outra fonte de estresse ou preocupação.

A calvície pode afetar seriamente a auto-estima e a confiança de quem sofre com ela. Isso é o caso de homens abaixo dos 40 anos, para quem o cabelo representa sinal de juventude e vitalidade. Por esse motivo, Harry deveria lidar com o problema da calvície assim que possível, se isso é uma preocupação.

Haja rápido para os melhores resultados!

Harry já possui pontos calvos perceptíveis no topo da cabeça, os primeiros sinais da calvície padrão masculina. Se isso se alastrar para sua linha capilar, assim como já fez com seu irmão mais velho, William, então a chance de um transplante capilar bem-sucedido começa a diminuir.

O motivo disso é que o transplante capilar de Extração de Unidade Folicular (FUE) – o tratamento mais popular e eficaz – envolve o enxerto de folículos capilares da área de doação, geralmente da parte de trás da cabeça e da lateral, nas áreas calvas. Isso significa que seu sucesso depende da quantidade e qualidade dos folículos disponíveis nessas áreas.

As áreas de doação ficam menores quando a calvície avança, e uma maior área calva exige mais pontos a serem cobertos pelos folículos implantados. Quanto mais a calvície avança, mais difícil fica equilibrar a demanda entre as áreas calvas e a capacidade das áreas de doação.

Outros tratamentos de restauração capilar

É claro que a cirurgia não é a única opção disponível para quem sofre de calvície hoje em dia. Existem outras opções, incluindo produtos para espessamento capilar e suplementos. Também existe o tratamento não cirúrgico do Plasma Rico em Plaquetas (PRP), que encoraja o crescimento de folículos dormentes e melhora a circulação sanguínea nas áreas selecionadas.

O que essas opções não cirúrgicas têm em comum com os transplantes capilares é que a intervenção rápida gera melhores resultados.

Exemplo real

Ainda existe um estigma social atrelado aos tratamentos de restauração capilar. Em parte, isso acontece por conta das perucas e até mesmo primeiros transplantes, quando os resultados eram esteticamente feios e ridicularizados. Também são de uma época onde os cuidados masculinos eram limitados. Hoje em dia, o mercado para produtos masculinos está em alta, e os homens da Geração Z cuidam tanto da sua aparência quanto as mulheres.

Atletas, atores e músicos famosos ajudaram a acabar com esses estigmas falando abertamente sobre sua rotina capilar e, em alguns casos, sobre sua restauração de cabelo. Até hoje, ninguém da Família Real Britânica fez isso. Se Príncipe Harry fizesse um transplante capilar e falasse sobre isso, seria um ótimo exemplo para todos os homens que sofrem de calvície mas tem vergonha de fazer algo sobre isso.

Conclusão

A calvície afeta homens de formas diferentes. Alguns homens aceitam sua calvície e raspam tudo; felizmente para eles (ou talvez seja por causa deles), cabeças raspadas sempre estão na moda. Mas para muitos outros, a calvície é um golpe na sua confiança e autoestima. Felizmente para essas pessoas, vivemos em uma época onde os tratamentos de restauração são eficazes e acessíveis.

Se você se preocupa com alguma condição capilar, é melhor conversar com um especialista o mais cedo possível com isso. A Vinci Hair Clinic oferece a todos os novos clientes uma avaliação gratuita e sem compromisso. Isso significa que você pode receber respostas para todas as suas perguntas. Entre em contato conosco e marque sua avaliação hoje!