Antigamente, não era possível enfrentar a calvície da mesma forma que hoje em dia. A calvície era apenas aceita. Até que os primeiros transplantes fossem criados na década de 50, não havia outra alternativa. Desde então, vemos o desenvolvimento de vários métodos e tecnologias para fazer desse processo mais preciso e eficaz.

A calvície ocorre por diversos motivos, desde genética até estresse e má nutrição. Especialistas capilares e dermatologistas desenvolveram diferentes soluções, desde cremes e medicamentos até métodos cirúrgicos. Os transplantes capilares são versáteis e podem ser usados para o crescimento capilar não apenas na cabeça, mas também na sobrancelha, peito e nos cílios.

Como são feitos os transplantes capilares?

O transplante capilar é baseado em um princípio simples: um pedaço de cabelo é retirado de uma área rica do couro cabeludo, conhecida como ‘área de doação’, para a área onde os folículos estão escassos, chamada de ‘área recipiente’. O procedimento é desenvolvido de duas formas principais:

A duração do procedimento varia dependendo do tamanho do transplante a ser feito. Porém, em média, pode durar de 4 a 8 horas. Depois do transplante, você pode sentir um pouco de dor na área pelos próximos dias e perceberá a queda do cabelo transplantado em 2-3 semanas. Mas não se assuste. É aí que os folículos saudáveis começam a crescer.

Os transplantes capilares geralmente produzem resultados perceptíveis. Estudos relataram um crescimento de 60% de novos folículos capilares em menos de um ano. Vamos analisar os quatro principais benefícios desse método de restauração capilar.

  1. Mantém uma aparência natural

Os transplantes de cabelo deixam seus novos fios naturais como o restante do cabelo. Isso acontece porque o cabelo não foi produzido artificialmente, ele veio do seu próprio corpo. Novas tecnologias garantem que os transplantes modernos sejam imperceptíveis do ‘cabelo natural’. Ninguém perceberá que você fez um transplante, a menos que você diga.

  1. É uma solução duradoura

Os métodos de restauração capilar alternativos envolvem o uso regular de medicamentos para manter a densidade capilar desejada. Outras soluções que fornecem cabelos saudáveis (como produtos tópicos ou perucas) apenas resolvem temporariamente o problema. Um transplante capilar garante uma solução a longo prazo para o cliente, e mesmo as cicatrizes minúsculas deixadas pelo procedimento ficam quase invisíveis com o tempo.

  1. Baixo custo

Comparado com outras soluções de restauração capilar, o transplante capilar tem baixo custo. O cliente paga apenas pelas sessões de transplante. Mesmo que outros tratamentos comecem relativamente baratos, eles duram mais tempo, levando ao aumento do custo. Com o tempo, você verá que além dos altos custos, a solução não é tão eficaz porque se você parar de usar, o cabelo começa a cair novamente. Uma solução única como o transplante capilar não requer tratamentos regulares.

  1. Manutenção mínima

Quando você decidir fazer o transplante capilar, esqueça do incômodo relacionado a manter uma routina capilar. O transplante garante o crescimento dos folículos sem a necessidade de suplementar com xampus, cremes ou outros medicamentos especiais. Você também não precisará comparecer ao estilista com frequência.

Um cabelo denso e saudável é o principal benefício do transplante. Você pode ser aconselhado a usar um xampu simples pelo seu médico depois do procedimento, mas siga as instruções e evite usar xampu até que seja seguro para fazer isso.

Conclusão

Tanto o medicamento tópico como o oral podem aliviar a calvície e ajudar no crescimento capilar. Porém, embora esses medicamentos sejam eficazes para os sintomas leves da calvície, podem ter efeitos colaterais como a descamação, coceira ou ressecamento.

Se você perceber sinais de calvície excessiva, não ignore-os. Embora possa não ser algo importante, você deve se consultar com a Vinci Hair Clinic. Nossos especialistas podem te guiar até a solução certa. Marque sua avaliação gratuita ainda hoje!