Nossa pele delicada pode ser danificada por diferentes fatores, mas a raiz da sua regeneração estável está nas células tronco e suas habilidades regenerativas. Cientistas estudam há muito tempo a capacidade do corpo de se reparar, incluindo a recuperação da pele depois de um ferimento e as implicações disso para o crescimento de pêlos na pele.

A terapia de Plasma Rico em Plaquetas (PRP) tem sido testada pela sua habilidade de enfrentar problemas de pele, e os resultados são positivos. Parece que podemos ajudar o corpo a se recuperar, encorajando o processo natural de regeneração tecidual. Mesmo o crescimento capilar pode ser estimulado com a extração de plasma do sangue do paciente e injeção do mesmo no couro cabeludo.

O que é o tratamento PRP?

Para entender como funciona o PRP, primeiro devemos entender as funções e partes do Plasma Rico em Plaquetas. Esse tipo de plasma é feito de dois constituintes principais: plaquetas e plasma (a parte líquida do sangue).

As plaquetas fornecem as habilidades restauradoras e regenerativas das células em diferentes partes do corpo. Se você já se cortou ou se machucou, foram suas plaquetas que permitiram que a pele se recuperasse rapidamente. A sua capacidade de coagular é crucial nesses casos.

Entretanto, a coagulação não é a única função das plaquetas. Elas também exercem um papel vital em ativar a proliferação de células e regeneração de tecidos. Isso é a base do tratamento PRP, que envolve a injeção de sangue contendo uma alta concentração de plaquetas.

O sangue em alta concentração é obtido ao colocar amostras de sangue do paciente em uma centrífuga. Quando o dispositivo gira o sangue em alta velocidade, seus componentes se separam e permitem que os técnicos retirem o plasma com alta concentração das plaquetas.

Então, o dermatologista injeta o sangue rico em plaquetas em áreas como rosto e couro cabeludo, dependendo de onde você precise de regeneração. A injeção geralmente é feita através do microneedling ou com uma seringa.

Como o PRP ajuda a rejuvenescer a pele?

As plaquetas ajudam a reparar as células antigas e encorajam a produção de novas. Quando aplicadas em certas áreas da pele, as plaquetas promovem o crescimento de colágeno. O colágeno exerce um papel importante no rejuvenescimento da pele. Com o passar do tempo, a produção de colágeno da pele diminui significativamente, levando ao envelhecimento da pele e formação de rugas.

O tratamento de PRP penetra camadas profundas da derme para alisar a pele. Ele produz um aumento no colágeno, fechando a pele e dando um visual mais jovial. O PRP elimina as rugas, deixando você mais jovem.

Como ter cabelos mais grossos com o PRP?

Injetar plaquetas no couro cabeludo enfrenta a calvície em homens e mulheres. É um método que não envolve intervenção cirúrgica, mas é quase tão eficaz quanto os transplantes capilares. PRP encoraja o crescimento dos folículos capilares dormentes e aumenta a circulação sanguínea nas áreas escolhidas. Ele também fortalece os folículos enxertados depois de um transplante capilar.

Alguns tratamentos de calvície possuem efeitos colaterais que fazem deles inadequados para certos indivíduos. O PRP possui efeitos colaterais fracos, fazendo dele mais adequado para muitas pessoas. Além disso, ele pode ser usado em combinação com outros medicamentos que tratam da calvície, como o Minoxidil, para acelerar seus efeitos.

Como o PRP difere de outros tratamentos?

O envelhecimento deixa a pele flácida e com dobras que são perceptíveis, particularmente em volta da boca. Um tratamento comum usado para combater os sinais do envelhecimento é o ácido hialurônico, que age como um filler. O problema com esse método é que ele não dura muito. Você deverá repetir o tratamento, talvez até dentro de seis meses.

O tratamento de PRP aumenta o colágeno, melhorando a condição da pele e enfrentando as rugas e dobras do envelhecimento. Ele também ajuda a tratar partes da pele que o ácido hialurônico não consegue preencher. Além disso, quando se trata de calvície, os tratamentos de PRP não precisam de intervenção cirúrgica. Isso significa que você não correrá risco de ficar com cicatrizes no couro cabeludo ou com efeitos colaterais de medicamentos.

Conclusão

Em algum momento da vida, podemos lidar com a calvície e procurar diferentes tratamentos para ela. Nossa experiência na indústria da restauração capilar nos mostrou que os clientes que receberam tratamento PRP viram resultados positivos imediatos, talvez até mais rápido do que outros tratamentos médicos.

Consultar especialistas capilares pode ajudar a determinar o tratamento mais adequado para seu tipo capilar e para o estágio específico de calvície. A Vinci Hair Clinic oferece uma avaliação gratuita a todos os novos clientes. Marque sua avaliação – entre em contato ainda hoje!