Geralmente, os homens não se preocupam sobre a aparência, mas a calvície é algo difícil de ignorar. Ela se torna um problema tão grande que pode causar dúvidas e medo. As empresas de produtos capilares se beneficiam desse medo, produzindo ‘séruns mágicos para o cabelo’. Entretanto, esses séruns possuem pouco sucesso na restauração ou do aumento de densidade dos folículos capilares.

Os hormônios e fatores genéticos são essenciais na calvície padrão masculina (CPM). De acordo com os cientistas, o hormônio masculino, conhecido como Dihidrotestosterona (DHT), contém os detalhes das características masculinas e é responsável pelo aumento do crescimento capilar. Uma quantidade excessiva de DHT leva à diminuição do ciclo de crescimento capilar, que requer substâncias químicas e fórmulas que regulam este ciclo.

Geralmente, culpamos a calvície em coisas simples como ficar sob o sol e usar um chapéu. Mas isso geralmente é um mito que existe há muito tempo, e hoje vamos acabar com alguns deles para deixar você mais tranquilo.

  1. Sua mãe é culpada pela calvície!

A calvície geralmente é atribuída ao cromossomo X, que é herdado das mulheres. Isso levou muitas pessoas a acreditarem que a mãe delas era culpada pela calvície. Na verdade, isso é parcialmente verdade, já que o traço genético pode permanecer escondido por gerações antes de aparecer, e ele é herdado de ambos os gêneros.

Encontrar a causa genética da calvície é difícil. Nós calculamos a gravidade da calvície com a Escala Norwood, que consiste em sete níveis diferentes. Se a sua calvície está no Nível 2 mas seu pai possui cabelo denso, não culpe a herança genética de sua mãe imediatamente, pois o traço pode ter permanecido escondido por gerações.

  1. Estresse causa calvície permanente

Níveis consideráveis de estresse podem influenciar na calvície. Porém, a calvície permanente geralmente é hormonal ou genética. A calvície ocorre durante períodos estressantes, como quando você perde o emprego ou um parente, e é apenas temporário pois o cabelo se recupera sozinho.

Pesquisas descobriram que o aumento no hormônio do estresse afeta o ciclo de crescimento capilar, interrompendo ele por um momento. Como resultado, a queda capilar aumenta durante o período estressante. O estresse influencia não apenas a alteração hormonal, mas também o arrancamento de cabelos. Porém, o estresse não pode causar uma calvície imediata ou permanente caso seja controlada.

  1. Calvície é causada pela exposição solar

Gastar tempo demais exposto ao sol pode danificar sua pele, mas possui um pequeno impacto em sua calvície. Longos períodos de exposição ao sol podem deixar o cabelo mais leve, quebradiço e com menos volume.

A exposição moderada ao sol pode ser benéfica para o clareamento capilar, já que ela fornece vitamina D. Se você vai passar tempo demais no sol, considere usar uma máscara condicionadora. Isso fornece proteção para seu cabelo, mas não precisa se preocupar com a exposição solar causando calvície.

  1. Usar chapéu por muito tempo causa calvície

Um mito comum é que usar chapéu, principalmente os apertados, pode causar calvície. A verdade é que chapéus apertados limitam a circulação sanguínea para os folículos capilares, e podem fazer com que alguns fios caiam, mas isso não leva à calvície permanente.

Tenha em mente que nenhuma das causas externas como produtos capilares, ferramentas quentes ou a pressão do arrancamento (conhecida como alopecia de tração) podem causar calvície permanente. Apenas fatores genéticos causam calvície permanente. Mantenha uma rotina capilar saudável, e não será necessário parar de usar chapéus.

  1. Lavar seu cabelo demais pode levar à calvície

Percebemos o cabelo caindo principalmente durante o banho. É normal que o uso de xampu ou de pressão durante a lavagem pode fazer com que alguns fios caiam, então algumas pessoas culpam a limpeza pela calvície.

Entretanto, a queda capilar durante a limpeza ou o secamento é completamente normal e não deve ser temida (a menos que ocorra em grandes quantidades). Na verdade ela é benéfica para se livrar dos fios danificados. Portanto, continue usando xampu e lavando seu cabelo normalmente, pois é improvável que isso cause calvície permanente.

  1. Calvície pode ser causada por testosterona excessiva

Os níveis de testosterona não estão diretamente relacionados à calvície. Porém, o que pode ativar a calvície é o hormônio produzido pela testosterona, o DHT, como mencionado acima, e produzido pela enzima 5α-redutase. Entretanto, a testosterona não causa calvície permanente.

Conclusão

A calvície temporária pode ser confundida com a calvície, mas muitas conexões com a calvície, como usar chapéus apertados ou ficar muito tempo ao sol, são apenas mitos. Moderar sua rotina de limpeza e usar chapéus mais soltos pode prevenir a calvície temporária.

Se você perceber que seus cabelos estão caindo demais, é melhor consultar um especialista. A Vinci Hair Clinic é líder mundial na restauração capilar. Oferecemos avaliações gratuitas a todos os nossos clientes, então entre em contato e marque seu horário ainda hoje!